domingo, 3 de janeiro de 2016

Uma História de Amor e Fúria [2013]


Uma história de Amor e Fúria (2013)  


Diretor:

 

Roteiro:

 
Duração: 98 min  /  Filme revisto dia 03/01/2016


Por Wendell Borges 


Breve comentário: Eis uma bela animação brasileira voltada para o público jovem e adulto que deixei passar batido no ano de seu lançamento em 2013, mas que finalmente parei para conferir. 

Com vozes de Selton Melo, Camila Pitanga e Rodrigo Santoro, a animação narra a luta de um homem que já vive há 600, sempre reencarnando em personagens que lutaram pela revolução social e democrática na história do Brasil e lutando também para permanecer ao lado de Janaína, o seu eterno amor; no início ele surge como um índio Tupinambá, depois como o Manuel Balaio, figura central no levante popular que ficou conhecido na história do Brasil como Balaiada, depois um estudante que lutou contra a ditadura militar, e na sequência uma trama futurista ocorrendo em 2096 onde a água é um dos produtos mais caros e disputados e empresas controlam as fontes minerais deixando a classe mais pobre bebendo água envenenada e poluída.

A produção é da Gullane Filmes, fundada em 1996 a Gullane investe em conteúdo para cinema e TV e lançou "Bicho de Sete Cabeças" em 2001, tendo uma significativa participação na retomada da história do cinema brasileiro no começo dos anos 90, encarando obras de horror como Encarnação do Demônio (2008) que trouxe novamente o querido Zé do Caixão de volta às telas. A produtora cultural Buriti Filmes também fez parte do projeto de Uma História de Amor e Fúria em parceria com a Gullane. A Buriti é liderada pelos casal de cineastas Luiz Bolognesi e Laís Bodanzky.

Sinopse oficial“Uma História de Amor e Fúria” é um filme de animação que retrata o amor entre um herói imortal e Janaína, a mulher por quem é apaixonado há 600 anos. Como pano de fundo do romance, o longa de Luiz Bolognesi ressalta quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravidão, o Regime Militar e o futuro, em 2096, quando haverá guerra pela água. Destinado ao público jovem e adulto com traço e linguagem de HQ, o filme traz Selton Mello e Camila Pitanga dublando os protagonistas. O longa conta ainda com a participação de Rodrigo Santoro, na pele do chefe indígena e de um guerrilheiro.

Site oficial: Uma História de Amor e Fúria

Curiosidades: O Brasil produziu apenas cerca de 20 longas de animação entre os anos 50 e 2000, sendo que a maioria é voltada para o público infantil. Uma História de Amor e de Fúria com suas cenas de ação, violência e sexo é voltado para o público jovem e adulto.

O filme conta 4 episódios de momentos diferentes da História do Brasil, contados a partir do ponto de vista dos vencidos. Três deles são reais: a guerra entre Tupiniquins e Tupinambás, no início da colonização portuguesa, em 1565; a revolta ocorrida no Maranhão, conhecida como Balaiada, em 1825 e a guerrilha urbana, no período da ditadura militar, em 1968. O quarto episódio é uma projeção do futuro, em 2096. Com base na mitologia indígena, o herói foi escolhido para ser imortal e lutar eternamente contra Anhangá – o signo da morte e da destruição. Janaína morre e renasce em cada episódio. O filme mostra a violência que se tornou intrínseca na sociedade brasileira, mas também o amor que mantém acesa a chama da luta política e o desejo de transformação. 


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Análise de algumas cenas do filme


Uma das mais belas cenas do longa mostra o Cristo Redentor no Rio de Janeiro com um dos braços quebrados, mostrando uma sociedade distópica no qual as pessoas lutam por água potável.


Trailer









_____________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário